Desde o surgimento do cinema e dos games que diretores e roteiristas buscam referências nas relações humanas para dar vida aos seus enredos e personagens.
E é claro que a relação entre pais e filhos não poderia ficar de fora, sendo responsável por influenciar uma série de sucessos ao longo dos anos.

Afinal, quem nunca se emocionou com uma história de amor paternal descrita em algum filme ou jogo?
Eles podem ser desastrados, corujas, ausentes, bravos, modernos ou caretas, mas estão sempre lá marcando seus papéis de alguma forma.
O tema acabou chegando inclusive no mundo das animações, como em O Rei Leão.
Ontem foi o dia deles, e para homenagear todos os pais da vida real, trouxemos aqui alguns que admiramos do mundo das telonas e dos joysticks.

Mufasa – O Rei Leão
Um pai protetor e corajoso que não foge do dever.
Mufasa é um paizão. Presente, responsável, paciente e afetuoso, ele resolve as tretas com o filho na conversa, sem surra e/ou punição. O cara leva tão a sério esse lance de paternidade que volta do além em forma de nuvem pra orientar a cria perdida.

Guido Orefice – A Vida é Bela
O pai sonhador, fez todo mundo chorar ao transformar um campo de concentração num ambiente lúdico, tudo para que seu filho pequeno não tivesse de testemunhar os horrores do holocausto.
Em A Vida é Bela, temos uma das melhores amostras já vistas no cinema sobre o sentimento de ser pai.
Separado da mulher, ele passa a usar a imaginação para esconder do filho toda a atmosfera de violência e crueldade que os cercam, fingindo que tudo não passa de uma brincadeira.

Chris Gardner – A Procura da Felicidade
Chris é um pai de família que vive sérios problemas financeiros. Apesar de fazer de tudo para manter a família unida, sua esposa acaba indo embora, deixando ele na companhia do filho pequeno Christopher.
A situação piora quando os dois acabam sendo despejados, tendo de dormir em estações de trem e albergues para sem tetos, mas sem jamais perder a esperança de que dias melhores virão.

Sonny Kaufax – O Paizão
Com 32 anos, formado em direito, mas trabalhando em um pedágio por pura preguiça de correr atrás de coisa melhor, Sonny resolve adotar uma criança para tentar mostrar às mulheres uma certa maturidade. Porém, ele vai descobrindo que cuidar de um pequeno menino é muito mais complicado do que aparece, ao mesmo tempo que se torna gratificante.
Em uma mistura de humor e drama a relação entre os dois é tão envolvente que nos vemos torcendo para os dois ficarem juntos no final do filme.

Don Corleone – O Poderoso Chefão
Esse clássico não poderia ficar de fora, né?
Ele podia não ser um exemplo de bom samaritano, mas quando se tratava de defender seus filhos, ninguém fazia isso com tamanha excelência. Mais do que seus filhos, ele era também um pai para todos os membros da máfia, tratando-os com cordialidade, desde que obtivesse de volta o mesmo. Por fim, ele deixou todo um império construído por anos nas mãos de seu filho Michael, numa total demonstração de confiança e lealdade.

Joel – The Last of Us
Joel é um pai solteiro e ao que tudo indica criou sua filha Sarah sozinho e tinham uma relação muito boa até o início do apocalipse zumbi onde Sarah morre nos braços do pai após um ataque de zumbis.
E assim ele seguiu durante 2 décadas sem motivações para continuar, até encontrar Ellie.
No começo ele evita muito contato, mas após um tempo juntos eles se aproximam e Joel vê nela a filha que ele tanto precisa.
Joel coloca a segurança de Ellie acima de tudo, nos deixando admirados e encantados com essa relação.
Independente dos motivos é inegável ver que Joe se tornou um grande pai para Ellie.

John Marston – Red Dead Redemption (I e II)
A incrível jornada de John Marston marcou muito todos que jogaram Red Dead Redemption, sua luta e seu sacríficio final para salvar sua família são lindos e mais do que suficientes para ele aparecer nessa lista.
Mas sua jornada em Red Dead 2 eleva isso ao mostrar que nem sempre foi assim, John era um pai ausente que muitas vezes deixava sua família de lado por longos períodos para se focar nas aventuras da gangue.
O que torna a história de John uma grande jornada de redenção, onde ele aprende o que realmente importa pra ele, protegendo sua família a todo custo.

Geralt de Rívia – The Witcher 3
Já ouviu falar que pai é quem cria?
Pois então, Geralt nos mostra em The Witcher 3 que não são apenas vínculos sanguíneos que definem uma relação de pai e filho, mas presença, amor e cuidado, por isso mesmo não gerando a Ciri, ele é o pai dela e é assim que ela o enxerga.
Toda sua motivação para resgatar Ciri da Wild Hunt e seus momentos juntos fazem transparecer a força dessa relação.
E da mesma forma ver a maneira como Ciri confia em Geralt é muito bonito e emocionante.

Kratos – God of War
Na Grécia, Kratos foi pai de uma menina chamada Calliope e sua graça e bondade era tudo pra ele, mas foi enganado por Ares e acabou matando sua própria filha.
Toda sua jornada de vingança teve início nesse momento e quando foi para as terras Nórdicas teve outro filho, Atreus, com quem tinha uma relação bem complicada devido as dores do passado.
Kratos passava muito tempo fora caçando, mas após a morte de Faye, ambos vivem um momento muito difícil e a partir daí começa uma sensível e bela jornada onde pai e filho vão aos poucos se entendendo.
Kratos ensina seu filho a ser um guerreiro e não cometer o mesmos erros que ele e Atreus acaba ensinando seu pai a se abrir novamente e reaprender a amar.

Ethan Mars – Heavy Rain
O desespero de um pai buscando seu filho perdido no shopping que acaba com um trágico atropelamento tirando a vida do seu pequeno.
Assim é a jornada dele que após perder um filho precisa lutar com todas as suas forças para resgatar o outro das mãos de um assassino.
O tema desse jogo é “o quão longe você iria por alguém que você ama” e quem decide isso é você controlando Ethan escolhendo os sacrifícios que ele fará para salvar seu filho das mãos do assassino do origami, aceitando os desafios você irá testemunhar uma das maiores jornadas que um pai faz para salvar seu filho.

 

E aí, curtiu a nossa lista?
Qual o outro paizão que você incluiria nessa homenagem?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui