A Motorola esteve em meio a uma especulação nos últimos dias por conta do possível lançamento do Moto Z4 Force. Depois do lançamento do Moto Z4 nesta semana, era esperado que a empresa anunciasse em algum momento um modelo top de linha. Hoje, a Motorola revelou pelo Twitter que não irá anunciar dispositivos adicionais ao Moto Z mais neste ano.

O Moto Z4 seria, então, uma versão avançada dentro do portfólio da empresa, apesar de não apresentar características que permitem a competição com tops de linha de outras marcas. O rumor do possível lançamento de uma versão complementar e mais competitiva do Z4 foi desmentido quando, no Twitter, a marca foi instigada: “Por favor, me conte se o Z4 Force será viável”, perguntou um seguidor.

A resposta foi clara. “Nós não vamos anunciar dispositivos adicionais ao moto Z neste ano”, twittou a Motorola. O anúncio levanta as questões: será que a empresa está pensando em outra família de tops de linha ou está simplesmente pensando em não fabricar telefones com esse perfil?

Moto Z4
Anunciado sem alarde na quinta-feira (30), o Moto Z4 é considerado pela Motorola como um aparelho intermediário premium.

Ele apresenta 4 GB de RAM, processador Snapdragon 675 e 128 GB de armazenamento, além de leitor de digitais na tela. O notch do aparelho é em forma de gota e abriga uma câmera frontal de 25 MP. A tela é de OLED e tem 6,4 polegadas. Na traseira, o sensor tem 48 MP e utiliza a tecnologia Quad Pixel para registrar fotos de 12 MP.

O diferencial do telefone é que ele é compatível com a tecnologia 5G, caso seja usado em conjunto com um Moto Snap 5G. Mesmo assim, ele não compete com smartphones verdadeiramente top de linha.

A assessoria da Motorola afirmou que, inicialmente, o Moto Z4 será lançado somente na América do Norte. Lá o aparelho custa cerca de US$ 499,99.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here